fbpx
 Médico da família auxilia no tratamento de mais de 5 mil pacientes com covid-19 na grande Cuiabá

Dr. Germano Alves tem obtido resultados positivos no tratamento precoce contra a covid-19 em seus pacientes desde o início da pandemia.

A tribuna livre da Câmara Municipal de Cuiabá desta terça-feira, 06, abriu espaço para o Médico da Família, Dr. Germano Alves a convite do vereador T. Coronel Paccola. Atuante a mais de 10 anos na área da saúde, Germano falou sobre a importância de institucionalizar a disponibilidade dos medicamentos na fase inicial e do acompanhamento dos pacientes que apresentam sintomas da covid em Cuiabá.

“Acredito na necessidade de uma mobilização mais expressiva, menos burocrática e eficaz da classe política para instituir o acolhimento precoce dos pacientes que apresentam sintomas da covid em Cuiabá. Independentemente do resultado do exame que pode demorar uma semana ou ter efeito ‘falso negativo’, o tratamento deve ser iniciado. Temos evidências de que o uso de algumas medicações a partir dos primeiros dias de sintomas tem salvado vidas”, declara o médico.

Com o resultado da mutação do novo coronavírus, a Covid-19 tem apresentado múltiplos sintomas, confundindo médicos e pacientes, atrasando ainda mais o diagnóstico e o início do tratamento. “Cuiabá, assim como Mato Grosso tem um dos maiores índices de mortalidade por covid-19 se comparado com outras cidades. A dificuldade no acesso pelos munícipes aos medicamentos e a falta de acompanhamento após a recuperação, só eleva o nível de agressividade da doença que entra em uma fase inflamatória, divergindo para a necessidade de uma nova medicação, com maior disponibilidade para pacientes com plano de saúde ou na modalidade particular, pois o sistema público não tem atendido de forma adequada esses doentes. Meu apelo é para que salvem as vidas”, relata Germano.

O vereador T. Coronel Paccola já havia salientado sobre a importância do tratamento precoce, convidando assim um profissional de referência e experiência no tratamento. “Nosso alerta é para que a população não espere o resultado positivo ou negativo do teste para procurar auxílio de um especialista. Essa busca deve ocorrer diante de qualquer sintoma da covid. Seja profilaxia, tratamento precoce ou a vacinação. Todas estas possibilidades estão sendo apresentadas para que possamos sobreviver a este período. Vamos fazer o possível para derrotar nosso único inimigo que é a covid-19 e uma das probabilidades como apresentada e comprovada pelo especialista para a fase inicial, é o tratamento precoce”, destaca Paccola.

Em sua participação, o médico mencionou que atendeu mais de cinco mil pacientes que apresentaram resultados satisfatórios para aqueles que iniciaram o tratamento do primeiro ao terceiro dia de sintoma, incluindo pessoas com comorbidades como: diabetes, obesidade, hipertensão e prognósticos negativos, retornando do sétimo ao décimo dia. sem sintomas. “Tenho experiência de que o tratamento precoce funciona, a nossa guerra é informacional, a maior parte da mídia não tem contribuído para que possamos mudar nossa realidade. O grau de evidências exigido para validar o tratamento precoce só está presente em 10 a 15% de todas as recomendações médicas. Exigir isso de um tratamento em plena pandemia, é o maior contrassenso. O tratamento precoce não só salva vidas como reduz o índice de mortalidade e de internações em muitas outras cidades”, finaliza Germano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?