fbpx
 Paccola apresentará PL pelo uso facultativo de máscara e passaporte sanitário em Cuiabá

Defensor da liberdade, Paccola acredita que as máscaras, o passaporte sanitário, nem as vacinas deveriam ser obrigatórias.

O vereador por Cuiabá, T. Coronel Paccola deve apresentar na próxima quinta-feira, 10 de março, o Projeto de Lei pelo uso facultativo de máscaras faciais e do passaporte sanitário em Cuiabá. O PL que já foi elaborado pede para que não sejam exigidos em locais abertos ou fechados sob administração direta e indireta do poder público municipal o uso obrigatório das máscaras e do passaporte sanitário, sendo que nos estabelecimentos privados, os proprietários possam estabelecer suas próprias regras quanto às exigências.

“Como defensor da liberdade e pelo nosso município apresentar queda nos números de contaminação por covid nos últimos meses, além de entender que se as demais vacinas não se tornaram obrigatórias, porque obrigar um cidadão a fazer algo contra sua vontade. Sinop-MT, Nova Mutum-MT, Rio de Janeiro e logo São Paulo, Paraná e várias outras cidades de Mato Grosso e metrópoles do nosso país, além de algunss países, já estão deliberando como facultativo o uso de máscara e pelo fim da exigência do passaporte sanitário e da vacinação, ficando a critério de cada um fazer seu uso ou não”, explica Paccola.

O parlamentar ainda cita que nas escolas as crianças já se contaminaram com diversas doenças mesmo com a utilização das máscaras, e defende a não exigência de vacinação em crianças, cabendo aos pais decidirem pelos riscos da imunização e pelo fim da exigência nas escolas, como também nas universidades.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?